g2h

level

sábado, 24 de outubro de 2009

dança saiba mais

Sempre que falamos em história das danças, deveremos ter o cuidado de não afirmar origens, pois existem muitas controvérsias sobre este tema até porque o mesmo ritmo é encontrado em várias partes do mundo, mudando apenas as características que cada região possui.

A dança é uma das três principais artes cênicas da Antigüidade, ao lado do teatro e da música. Caracteriza-se pelo uso do corpo seguindo movimentos previamente estabelecidos (coreografia) ou improvisados (dança livre). Na maior parte dos casos, a dança, com passos cadenciados é acompanhada ao som e compasso de música e envolve a expressão de sentimentos potenciados por ela.

A dança pode existir como manifestação artística ou como forma de divertimento e/ou cerimônia. Como arte, a dança se expressa através dos signos de movimento, com ou sem ligação musical, para um determinado público, que ao longo do tempo foi se desvinculado das particularidades do teatro.

Atualmente, a dança se manifesta nas ruas em eventos como "Dança em Trânsito", sob a forma de vídeo, no chamado "vídeodança", e em qualquer outro ambiente em que for contextualizado o propósito artístico.


História da dança

A história da dança cênica representa uma mudança de significação dos propósitos artísticos através do tempo.

Com o Balé Clássico, as narrativas e ambientes ilusórios é que guiavam a cena. Com as transformações sociais da época moderna, começou-se a questionar certos virtuosismos presentes no balé e começaram a aparecer diferentes movimentos de Dança Moderna. É importante notar que nesse momento, o contexto social inferia muito nas realizações artísticas, fazendo com que então a Dança Moderna Americana acabasse por se tornar bem diferente da Dança Moderna Européia, mesmo que tendo alguns elementos em comum.

A dança contemporânea surgiu como nova manifestação artística, sofrendo influências tanto de todos os movimentos passados, como das novas possibilidades tecnológicas (vídeo, instalações). Foi essa também muito influenciada pelas novas condições sociais - individualismo crescente, urbanização, propagação e importâncias da mídia, fazendo surgir novas propostas de arte, provocando também fusões com outras áreas artísticas como o teatro por exemplo.

considera a educação como evolução e transformação do indivíduo, considerando a dança como um contínuo da Educação Física, expressão da corporeidade e considerando o movimento um meio para se visualizar a corporeidade dos nossos alunos, a dança na escola deve proporcionar oportunidades para que o aluno possa desenvolver todos os seus domínios do comportamento humano e, através de diversificações e complexidades, o professor possa contribuir para a formação de estruturas corporais mais complexas.

Por estes motivos, segundo Nanni (1995), deve-se trabalhar a dança na escola pois ela estabelece limites usando os movimentos, isso viabiliza a possibilidade de estruturação da personalidade e da socialização, pois leva o indivíduo saber o que ele é, sua relação com o objeto e a nível social e pessoal.

O ensino da dança nas escolas brasileiras deve ser abordado dentro do conteúdo Artes, (Teatro, Música, Dança e Artes Plásticas) segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (fonte www.mec.gov.br). A abordagem da dança dentro do contexto da educação física deve auxiliar no preparo físico para que os profissionais de artes possam atuar. Porém, os professores de educação física estão aptos a atuarem nesta área, pois além de terem nos seus currículos da graduação disciplinas relacionadas à dança e à expressão corporal, encontram bastante afinidade da dança escolar com sua rotina de trabalho dentro dos educandários no Brasil.

Várias classificações das danças podem ser feitas, levando-se em conta diferentes critérios.

* Quanto ao modo de dançar:
o dança solo (ex.: coreografia de solista no balé, sapateado);
o dança em dupla (ex.: tango, salsa, valsa, forró etc);
o dança em grupo (ex.: danças de roda).

* Quanto a origem:
o dança folclórica (ex.: catira, carimbó, reisado etc);
o dança histórica (ex.: sarabanda, bourré, gavota etc);
o dança cerimonial (ex.: danças rituais indianas);
o dança étnica (ex.: danças tradicionais de países ou regiões).

* Quanto a finalidade:
o dança erótica (ex.: can can, striptease);
o dança cênica ou performática (ex.: balé, dança do ventre, sapateado);
o dança social (ex.: dança de salão, axé);
o dança religiosa/dança profética (ex.: dança sufi).

* O Lago dos Cisnes
* O Quebra Nozes
* A Bela Adormecida
* Don Quixote
* Giselle
* Romeu e Julieta
* La Sylphide
* Coppélia
* Petrushka
* Spartacus
* A Sagração da Primavera
* Pássaro de Fogo
* Harlequinade
* La Fille Mal Garde
* La Bayadère
* Satanela
* Paquita
* Diana e Acteon
* Chamas de Paris
* Le Espctre De La Rose
* Le Corsarie
* Les Sylphides
* La Esmeralda


fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge